PESQUISE NA WEB

sábado, 24 de agosto de 2013

Macau 05 - RN - Brasil






Macau 04 - RN - Brasil





Macau 03 - RN - Brasil





Macau 02 - RN - Brasil





Macau 01 - RN - Brasil





Macau é um município brasileiro no estado do Rio Grande do Norte, localizado na microrregião de Macau, na Mesorregião Central Potiguar e no Polo Costa Branca. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2008 sua população era estimada em 27.951 habitantes. Macau possui uma área territorial de 788 km² e está localizada a 175 km da capital do estado, Natal. O município de Macau está numa região produtora de sal marinho (uma das principais do Brasil), petróleo e de pescados, sendo um dos maiores produtores nacionais de sardinha. Macau é bastante conhecida na região por seu carnaval, o que atrai visitantes de quase todo o estado do Rio Grande do Norte. A cidade tem suas origens no início do século XIX, quando ainda era conhecida por ilha de Manoel Gonçalves — região já colonizada para a produção de sal. Seu nome atual deriva de A-man-gao ("baía de Ama"), expressão chinesa que foi deu o nome à então colônia Portuguesa de Macau, hoje parte da China. Macau, no Rio Grande do Norte também foi baptizada com este nome em razão da sua localização geográfica na foz do Rio Piranhas. Na área literária, desde 1998, foi fundado um movimento cultural e literário denominado ICEC — Imperial Casa Editora da Casqueira — movimento este idealizado pelo sociólogo, poeta e escritor Benito Maia Barros, que faleceu em Dezembro de 2010, na casa dos cinquenta anos. Além das obras do próprio fundador, onde o pesquisador ou até mesmo leitores podem encontrar traços da história de Macau através de falares e lugares do povo daquela cidade, serve também esta obra como fonte de pesquisa. A ICEC surgiu como forma de superação da falta de incentivo governamental às obras literárias; já foram lançados mais de quinze livros, entre prosa, contos, poesias e história. É um dos maiores movimentos literários do Rio Grande do Norte. Poetas/Escritores: Vicente Serejo; Gilberto Avelino - In Memorian (radicado em Macau, nasceu na cidade do Assú);João Vicente Barbalho; Alfredo Neves, - Radicado em Macau, nasceu na cidade de (Teófilo Otoni), Getúlio Moura; Benito Maia Barros; João de Aquino (é também museólogo); Sebastião Maia (Tião Maia); Laércio Dantas e Porrete (dupla pioneira musical "canto da Terra" - vencedora de vários festivais do RN); Leônidas Dantas (escritor e caricaturista); Horácio Paiva, Daniel Násser, nascido em Macau e criado na comunidade litorânea de Diogo Lopes ( romances de realismo fantástico) e muitos outros. 

sábado, 10 de agosto de 2013

Guamaré 06 - RN - Brasil





Guamaré 05 - RN - Brasil





Guamaré 04 - RN - Brasil





Guamaré 03 - RN - Brasil





Guamaré 02 - RN - Brasil





Guamaré 01 - RN - Brasil





Guamaré é um município localizado no estado do Rio Grande do Norte (Brasil), faz parte da microrregião de Macau, da Mesorregião Central Potiguar e do Pólo Costa Branca. De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano 2005 sua população era estimada em 9.444 habitantes. Área territorial de 259 km². Guamaré destaca-se por ser um dos municípios que mais produz petróleo, como recebe ainda em seu território um polo industrial da Petrobras. Guamaré também se destaca pelo seu carnaval com muitas festas, o tradicional Mela-Mela e o carnaval especialmente para as crianças o carnaval Kids. Em 2013 não houve a tradicional festa por motivos jurídicos onde foi decretado estado de calamidade publica.
A Bioenergy e a GE Energy inauguraram em Guamaré, os parques eólicos Aratuá 1 e Miassaba 2 - os primeiros a contar com turbinas da GE na América Latina. O Miassaba 2 é o primeiro parque privado (com energia vendida no mercado livre, sem subsídio nem interferência governamental) a operar no país. O contrato foi assinado ainda em 2009 com a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Ao todo, a empresa, considerada uma das pioneiras em energia eólica no Brasil, investiu R$ 120 milhões nos dois parques, que são capazes de gerar 28,8 MW de energia - quantidade suficiente para abastecer uma cidade com 70 mil habitantes. Juntas, as duas usinas geram 125 empregos, entre diretos e indiretos.