PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador CE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador CE. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 25 de maio de 2015

Acaraú 03 - CE - Brasil






Acaraú 02 - CE - Brasil





Acaraú 01 - CE - Brasil





Acaraú é um município do estado do Ceará, no Brasil, localizando-se próximo à foz do rio de mesmo nome e a a 255 km de Fortaleza, com acesso pela rodovias CE-085, BR-222, CE-354 e pelas BR 402 e 403. A cidade sobrevive da pesca, agricultura e da pecuária, sendo o maior produtor de lagosta do Brasil. O município tem 4 distritos: Aranaú, Juritianha, Lagoa do Carneiro e Santa Fé. As localidades mais conhecidas são: Castelhano, Medeiros, Carrapateiras, Lagoa da Volta, Morgado, Cauassu, Curral Velho, Macajuba, Cajueiro do Boi, Celsolândia, Córrego das Varas, Ilha do Rato, Córrego de Ana Veríssimo, Almécegas, Córrego da Rola (Córrego da Esperança), Cachorro Seco, Mirindiba, Barrinha, Coroa Grande, Arpoeiras, Volta do Rio, Farol, Guajiru, Espraiado, Sítio Alegre e Ilha dos Coqueiros. 

A base da economia é a pesca, tanto que este possui um porto, com um canal de acesso de 2,4 metros de profundidade que, em maré alta, permite a entrada de pequenas embarcações. Em seguida vem a pecuária: bovino, suíno e avícola; agricultura: algodão arbóreo e herbáceo, caju, mandioca, milho e feijão. Possui 13 indústrias: quatro de produtos alimentares; três extrativas minerais; duas de madeira; duas de produtos minerais não metálicos; uma de serviço de construção e uma de vestuário, calçados e artigos de couro e pele. A pesca ocupa relevante papel no sistema econômico de Acaraú. Este município já respondeu por 31% da produção oriunda da pesca artesanal, com produção média de 7,9 mil toneladas. 

Existe uma instituição pública de ensino superior, o Instituto Federal do Ceará (IFCE), uma das mais disputadas do estado. O campus de Acaraú do IFCE é uma instituição de ensino da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica, que visa disponibilizar educação de qualidade na região do Baixo Vale do Acaraú. Atualmente conta com seis cursos gratuitos, sendo quatro técnicos: Pesca, Aquicultura, Construção Naval e Serviços de Restaurante e Bar; e dois cursos superiores: Licenciatura em Física e em Ciências Biológicas. O campus também dispõe de cursos de Formação Inicial e Continuada (FIC), entre os quais, Inglês, Espanhol, Recepcionista de Eventos, entre outros. O IFCE - Campus Acaraú é um dos principais centros de ensino universitário e de pesquisa científica da região norte do estado do Ceará. O município também conta com instituições privadas de ensino básico e superior, como o Colégio Virgem Poderosa (dirigida pelas irmãs cordimarianas) e a Universidade Anhanguera. Com relação ao ensino básico o município possui ampla rede de educação pública, que supre a demanda da região. Como destaque existe a Escola Estadual de Educação Profissional Marta Maria Giffoni de Sousa, primeira escola de nível médio integrada a formação profissional em tempo integral do município de Acaraú, iniciou suas atividades em março de 2009. Os cursos técnicos oferecidos são: massoterapia, eletromecânica, hospedagem, redes, informática, enfermagem, aquicultura e agronegócio. 

O turismo é uma outra base da economia regional devido aos atrativos naturais: Praias: Barrinha, Aranaú Monteiro, Arpoeiras,Barra do Zumbi, Espraiado,Volta do Rio e Coroa Grande Lagoas: Lagoa da volta, do Espinhos da Volta, Dantas, Lagamar e Carrapateira Ilhas: Ilha dos Fernandes, Imburana, Coqueiros, Grande, Ilha dos Ratos, Ponta do Presídio. Rio Acaraú. 

Os principais eventos culturais: Festa da padroeira: Nossa Senhora da Conceição. Esta festa acontece na véspera do dia 8 de dezembro de cada ano, sendo este dia feriado municipal. Festa do padroeiro São Sebastião - esta festa acontece na véspera do dia 20 de janeiro de cada ano, sendo este dia feriado municipal. Carnaval, evento que tem atraído muitos visitantes à cidade por serem bastante tranquilos os festejos dos foliões. Festival Junino : evento realizado pouco antes do seu aniversário de emancipação política, 31 de julho. Miss Acaraú: Desfile realizado para eleição da representante da beleza acarauense. Festa do Camarão: Realizada em Outubro, é um evento de porte internacional, sendo realizada na cidade a feira internacional do camarão, atraindo visitantes nacionais e internacionais.

domingo, 22 de março de 2015

Quixadá 10 - CE - Brasil




Quixadá 09 - CE - Brasil





Quixadá 08 - CE - Brasil





Quixadá 07 - CE - Brasil





Quixadá 06 - CE - Brasil





Quixadá 05 - CE - Brasil





Quixadá 04 - CE - Brasil





Quixadá 03 - CE - Brasil





Quixadá 02 - CE - Brasil





Quixadá 01 - CE - Brasil





Quixadá é um município brasileiro do estado do Ceará, pertence a Mesorregião dos Sertões Cearenses e à microrregião do Sertão de Quixeramobim. É a maior do sertão central, com uma população de 84.680 habitantes. Possui uma área de 2.019,833 km² e uma densidade demográfica de 39,91 hab/km² . O município possui o 17º maior PIB do estado, maior renda per capita e melhor IDH da Mesorregião dos Sertões Cearenses. Na década de 1960 e 1970 o município esteve na lista das 100 cidades mais populosas do Brasil. A cidade é conhecida como cidade universitária do sertão central, no ano de 2014 constava com seis instituições de ensino superior, públicas e privadas. Entre elas campus da Universidade Federal do Ceará e Universidade Estadual do Ceará. O município é sede da Diocese de Quixadá, criada pela bula pontifícia do Papa Paulo VI sendo desmembrada da Arquidiocese de Fortaleza. 

Uma de suas características mais marcantes são formações rochosas, os monólitos, nos mais diversos formatos que "quebram" a aparente monotonia da paisagem sertaneja. É também conhecida por ser a terra de escritores como Jáder de Carvalho e Rachel de Queiroz que, apesar de ter nascido em Fortaleza, a capital do Ceará, possuía uma relação muito forte com a cidade, visitando-a constantemente, quando se hospedava em sua Fazenda Não Me Deixes, que herdou de seu pai, Daniel de Queiroz. A maior parte do território faz parte das depressões sertanejas com maciços residuais, como a serra do Estêvão. Notabiliza-se também pela geografia rica em inselbergs, ou monólitos (formações rochosas isoladas na paisagem), que dominam boa parte da área do município, dos quais o mais famoso é a "Pedra da Galinha Choca", que tem este nome por conta do curioso formato. 

Os solos são pouco profundos em sua maior parte e têm como principal característica encharcar na estação chuvosa e ressecar facilmente nos períodos de estiagem. Os lençóis de água são geralmente salinizados devido as características geológicas da região. Quixadá é um dos centros comerciais mais expressivos do Ceará, para onde afluem as comunidades das cidades vizinhas. A maior fonte de  e empregabilidade é a administração pública, com mais de 2 mil funcionários. As principais atividades econômicas estão relacionadas à prestação de serviços e ao comércio. Em seguida vem a avicultura e a ovinocaprinocultura. A economia de Quixadá depende principalmente no setor terciário (comércio e serviços) que é responsável por mais de 70% do PIB municipal além de ocupar aproximadamente 59% da população economicamente ativa (deste montante, 51% são trabalhadores autônomos, do chamado setor informal). O comércio do município está concentrado no Centro da cidade onde recebe semanalmente centenas de moradores das áreas rurais e de municípios vizinhos como Choró, Banabuiú, Ibicuitinga e Ibaretama. Dentre as empresas deste setor, destacam-se os atacadistas que abastecem os pequenos estabelecimentos comerciais dos distritos e dos municípios vizinhos. Os estabelecimentos de comércio varejista estão voltados, basicamente, para os moradores da cidade e da zona rural. Outra importante atividade para o comércio municipal é a realização de feiras que ocorrem em dias específicos. Às quintas-feiras, ocorre a feira de animais no Parque de Exposição no bairro do Campo Novo, às sextas-feiras, de frutas nas proximidades do Terminal Rodoviário, e diariamente de frutas e utilidades domésticas, na rua Dr. Eudásio Barroso nas proximidades da Câmara Municipal. 

Embora pouco explorado, o município apresenta grande potencial turístico, especialmente para o ecoturismo devido à beleza de suas paisagens, além para a prática de esportes radicais como voo livre (parapente e asa-delta), off-road, trekking, orientação, montanhismo e rapel. Atrações turísticas: Açude do Cedro, Pedra da Galinha Choca, Santuário N. Sra. Imaculada Rainha do Sertão, Chalé da Pedra Lagoa dos Monólitos, Morro do Urucu, Pedra do Cruzeiro, Serra do Estevão, Trilha da Barriguda, Trilha do Olho d'Água, Trilha do Boqueirão, Trilha Cabeça do Gigante, Fazenda Magé, Museu Jacinto de Sousa e Fazenda Não Me Deixes.
Fonte e histórico completo em: http://pt.wikipedia.org/wiki/Quixad%C3%A1