PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Capão da Canoa. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Capão da Canoa. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 25 de junho de 2014

Capão da Canoa 08 - RS - Brasil





Capão da Canoa 07 - RS - Brasil





Capão da Canoa 06 - RS - Brasil





Capão da Canoa 05 - RS - Brasil





Capão da Canoa 04 - RS - Brasil





Capão da Canoa 03 - RS - Brasil





quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Capão da Canoa 02 - RS - Brasil







Capão da Canoa 01 - RS - Brasil







Capão da Canoa é um município brasileiro do estado do Rio Grande do Sul.

Sua história conta que em 1752 casais de açorianos chegaram ao Rio Grande do Sul, desembarcando no Porto de Dorneles. O município de Capão da Canoa, que hoje faz parte da região do litoral do estado, tem como origem a Sesmaria das Conchas, que pertencia a Inácio José Araujo de Quadros, por volta de 1800.

No início era formado por grandes dunas, banhados, mar cristalino, esteiras, matos e capões, ficando a leste o mar e a oeste as lagoas e rios. Na verdade, o nome Capão da Canoa já existia no interior de uma fazenda de propriedade da família Nunes, na extensão da praia de Xangri-Lá (hoje município de Xangri-Lá), com fundos para a Lagoa das Malvas, pois este era quem dava apoio aos visitantes que passavam ou vinham veranear. Com o tempo, este lugar passou a ser conhecido como Capão da Canoa, fazendo com que o velho nome Arroio da Pescaria desaparecesse. Primeiramente, junto a um pequeno povoado surgiu um armazém de secos e molhados; depois, um hotelzinho de madeira com dois quartos.

Capão da Canoa floresceu por volta de 1900 com o nome de Arroio da Pescaria, época em que os primeiros ranchos começaram a se agrupar à beira-mar. O nome originou-se de um pequeno córrego localizado próximo ao mar. O local abrigava, além de pescadores, também alguns aventureiros. Por vezes, o local era visitado por tropeiros, fazendeiros e viajantes.

Mais tarde, por volta de 1920, começaram a chegar os primeiros veranistas oriundos da serra gaúcha e também de Porto Alegre. Os maiores frequentadores eram os descendentes das colônias alemãs e italianas. Por volta de 1940 a colônia israelita também começou a se fazer presente em bom número. O nome de Arroio da Pescaria só começou a desaparecer na década de 1940, quando alguns entendem que surgiu a denominação Capão da Canoa.

Em 1933 ornélios surgiu como 6° Distrito de Osório, onde estava incluída também a Vila de Capão da Canoa. Em 1952, o 6° Distrito de Osório, Cornélios, foi transferido para Capão da Canoa. A emancipação do município caponense veio trinta anos depois, pela Lei 7.638 de 12 de abril de 1982. A posse do primeiro prefeito foi em 31 de janeiro de 1983. Inicialmente, o município contava com 23 balneários, possuindo trinta quilômetros de orla marítima.

Localiza-se a uma latitude 29º44'44" sul e a uma longitude 50º00'35" oeste, estando a uma altitude de 4,80m acima do nível do mar. Sua população estimada em 2008 é de 38.328 habitantes.

Atualmente o município possui onze balneários, com 19,1 km de extensão norte - sul, divididos em quatro distritos, limitando-se ao leste com o oceano Atlântico, ao sul com Xangri-lá, ao norte com Terra de Areia, e a oeste com Maquiné e Terra de Areia.

Capão da Canoa destaca-se pela qualidade de vida, tanto no aspecto da saúde, proporcionada pelos recursos naturais, clima e vegetação, quanto pela facilidade de acesso às grandes cidades e região metropolitana. Destaca-se também por ter uma das praias mais tradicionais e badaladas no litoral do Rio Grande do Sul, servindo de palco para o encontro de muitos turistas gaúchos, argentinos e uruguaios, no intuito de curtir um lugar ao sol nesta bela praia.

Em suas praias existem áreas apropriadas para o surf, a pesca e para o banho. Por ter um belo visual, principalmente ao amanhecer e ao anoitecer, atrai surfistas no inverno e verão, sendo também, um excelente local para bronzear-se ao sol, fazer longas caminhadas e corridas a beira-mar. Em relação à pesca, é praticada diariamente, pois há muitos pescadores entre seus moradores.

Capão da Canoa atualmente, possui uma ampla rede gastronômica, com restaurantes, pizzarias e churrascarias. Em termos de lazer, existem alguns shoppings, como o Shopping Lynemar e o Shopping Capão da Canoa, que abrem no inverno e no verão, e os shoppings das Águas, de Fábricas e Ibitinga, que funcionam somente no verão. Há também boliche, casas noturnas, diversas praças (Praça do Farol, Praça Capão da Criança, Praça do Raul), parques de diversões aquáticas, peças de teatro e o Garota Verão (evento que escolhe a mais bela garota representante dos municípios do RS). Para quem pretende praticar esportes, existem quadras de vôlei, futebol e basquete, todas à beira-mar. Outra opção de lazer, é fazer um vôo panorâmico pela praia. Existem vários aviões de pequeno porte no aeroporto, de plantão para este vôos, a custos acessíveis.

Em abril, há o Rodeio de Capão da Canoa no CTG João Sobrinho. Para a realização de festas e eventos sociais, a cidade possui dois clubes, o Capão da Canoa Futebol Clube (CCFC) e a Sociedade dos Amigos de Capão da Canoa (SACC).
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Cap%C3%A3o_da_Canoa