PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Detroit. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Detroit. Mostrar todas as postagens

domingo, 21 de setembro de 2014

Detroit 11 - Michigan - EUA





Detroit 10 - Michigan - EUA





Detroit 09 - Michigan - EUA





Detroit 08 - Michigan - EUA





Detroit 07 - Michigan - EUA





Detroit 06 - Michigan - EUA





Detroit 05 - Michigan - EUA





Detroit 04 - Michigan - EUA





Detroit 03 - Michigan - EUA




Detroit 02 - Michigan - EUA





Detroit 01- Michigan - EUA




 
Detroit é a cidade mais populosa do estado norte-americano do Michigan. É a sede do Condado de Wayne. Situa-se entre os lagos St. Clair e Erie. Segundo o censo nacional de 2010, a cidade propriamente dita possui 701.475 habitantes, com cerca de 4,2 milhões de habitantes em sua área metropolitana, que não abrange a cidade de Windsor, no Canadá, localizado imediatamente ao leste da cidade e do outro lado do Lago St Clair. É a 18ª cidade mais populosa dos Estados Unidos.
 
A principal fonte de renda da cidade é a indústria automobilística. Detroit abriga a sede da General Motors, e a sede da Ford Motor Company está localizada em Dearborn, parte da região metropolitana de Detroit. A cidade é servida pelo Aeroporto Metropolitano de Detroit Wayne County. Delta Air Lines mantém um hub neste aeroporto. Detroit foi fundada em 1701 pelo francês Antoine de Lamothe-Cadillac com o nome de Fort Ponchartrain du d'Etroit (Détroit em francês significa "estreito") e foi conquistada pelos britânicos em 1760. Passou para a soberania dos Estados Unidos em 1796. Foi elevada à categoria de vila em 1802 e tornou-se a capital do território, mais tarde Estado, de Michigan, entre 1805 e 1847. Detroit foi novamente ocupada pelas tropas Britânicas em 1813, durante a Guerra de 1812, com a Emboscada de Detroit. O Forte foi recapturado pelos norte-americanos em 1813, após a sangrenta Batalha do River Raisin. Em 1815 foi elevada à categoria de cidade.
 
Durante o século XIX desenvolveu-se graças ao seu porto e no século XX tornou-se o maior centro mundial da indústria automobilística. Da década de 1950 até os dias atuais, muitos habitantes (a maioria brancos) moveram-se de Detroit para subúrbios, fazendo com que a população da cidade diminuísse gradualmente desde então, e a percentagem da população afro-descendente da cidade subisse consideravelmente. Na década de 1970, Detroit entrou em uma recessão econômica, por causa da crescente concorrência de companhias japonesas produtoras de automóveis, fazendo com que a indústria automobilística norte-americana entrasse em dificuldades, atingindo especialmente Detroit e sua região metropolitana, por esta ser sede das principais companhias automobilísticas norte-americanas. Em 18 de julho de 2013 a cidade declarou bancarrota, tornando-se a maior cidade dos Estados Unidos a declarar bancarrota. O valor da dívida, adianta por seu lado o New York Times, não é consensual, variando as estimativas "entre os 18 bilhões e os 20 bilhões de dólares". Isto dá entre 13.700 milhões a 15.200 milhões de euros, segundo a actual taxa de câmbio. A Reuters cita estimativas de 18.500 milhões de dólares.
 
A região metropolitana de Detroit abriga uma população de 1.296.250 habitantes, sendo a 35ª maior dos Estados Unidos e 78ª maior do mundo. Porém, Detroit, o centro da metrópole, conta apenas com 93.777 habitantes, tendo a maior parte da população morando nos subúrbios, os quais abrangem cidades vizinhas. Detroit possui um clima frio, com invernos rigorosos, frios e com precipitação de neve muito forte, e verões com temperaturas moderadas e úmidas. Temperaturas extremas (maiores do que 35 °C) são raras, por causa da proximidade de grandes corpos d' água, que amenizam as temperaturas. A temperatura mais baixa já registrada em Detroit e foi de -42 °C, registrada em 27 de dezembro de 2013. A temperatura mais alta já registrada na cidade foi de 37 °C, registrada em 25 de junho de 1938. A cidade com PIB de aproximadamente 8 bilhões de dólares sofre grave crise financeira por tem uma dívida externa muito grande, cerca de 480% do PIB, ou seja, 38,4 bilhões de dólares.