PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Gaborone. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Gaborone. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 12 de setembro de 2008

Gaborone 03 - Botsuana - África



Gaborone 02 - Botsuana - África



Gaborone 01 - Botsuana - África





Gaborone é a capital e maior cidade do Botswana. A sua população estimada para 2010 é de 228.166 habitantes. É a capital administrativa do distrito Sudeste, bem como do subdistrito de Gaborone. A população local refere-se frequentemente à cidade como Gabs. A existência de minas de manganês e amianto nas proximidades levou à expansão industrial. As zonas industriais de Gaborone situam-se ao longo da linha férrea, sobretudo em Broadhurst, Gaborone West e na chamada Phase. Todas as indústrias são do tipo ligeiro, pois a cidade carece de qualquer tipo de indústria pesada. Gaborone é o centro da economia nacional. A sede de importantes instituições financeiras como o Banco de Botswana, Banco Gaborone, BancABC e a Bolsa de Valores de Botswana estão localizadas no centro, bem como a sede da Air Botswana, Consumer Watchdog, Empresa de Telecomunicações de Botswana e da Debswana, a joint venture de mineração de diamante entre De Beers e o governo do Botswana. A Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (Southern African Development Community - SADC) tem sua sede em Gaborone, a organização foi formada em 1980 para aumentar a cooperação econômica entre seus membros e reduzir a dependência da África do Sul. Orapa House, de propriedade da Debswana através da Botswana Diamond Valuing Company (BDVC), é onde os diamantes da Debswana extraídos são classificados e avaliados. A Orapa House, localizada no cruzamento das avenidas Khama Crescent e Nelson Mandela, possui um estilo único de arquitetura que permite receber uma perfeita quantidade de luz solar indireta através das janelas, a fim de classificar com precisão os diamantes. A população da cidade, de acordo com o censo de 2001, é de 186.007, sendo 91.823 homens e 94.184 mulheres. Existem 58.476 habitações em Gaborone. A população estimada em 2010 é de 228.166 habitantes. A cidade de Gaborone abriga 11% da população de Botswana. A conurbação da cidade de Gaborone possui 282.150 habitantes (censo de 2001). A taxa de crescimento populacional de Gaborone é 3,37%, a maior do país, provavelmente porque a cidade possui uma infraestrutura mais desenvolvida, proporcionando melhores condições de vida. Gaborone é uma das cidades de crescimento mais rápido em todo o mundo. É estimado que mais de um terço da população de Gaborone, 38,8%, possua AIDS/SIDA — a mais alta taxa de prevalência do mundo. Esta taxa é ainda maior (44%) na população com idade entre 15 e 49 anos. O Museu Nacional e Galeria de Arte está localizado a noroeste do Shopping junto Rodovia Independência. O museu abriu em 1968. Possui muitas coisas de artesanato tradicional de obras de arte de artistas locais. O museu abriga pinturas originais de Thomas Baines e Sithole Lucas. A exposição inclui Artistas no Botswana, Competição de Arte Infantil e Thapong Internacional. Fora do museu, existem várias formas de transporte, como vagões, trenós e Bakkies (picapes). Há também uma exposição sobre os bosquímanos, os primeiros habitantes da África Austral. O museu abriu com uma área de 3,6 hectare (9 acres) de jardim botânico chamado Jardim Botânico Nacional do Botsuana, em 2 de Novembro de 2007. O jardim foi construído para proteger a vida do Botswana e as plantas nativas, e 90% do seu total de espécies de plantas são plantas nativas do Botswana. O Festival Maitisong foi iniciado em 1987 e é realizada todos os anos, durante sete dias em uma semana do mês de março ou na primeira semana de abril. O festival tem shows ao ar livre, jogos e filmes em vários locais ao redor da cidade. "My Dream Africano" é uma competição de artes que é realizada todos os anos no Centro Internacional de Convenções de Gaborone. A mostra apresenta muitos kwaito, bailarinos e músicos. A série do livro, The No. 1 Ladies 'Detective Agency, a agência é localizada em Gaborone. A série é escrita por Alexander McCall Smith. Os livros seguem com a Precious Ramotswe, a primeira mulher detective privada no Botsuana, e os mistérios que ela resolve.