PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Jordânia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Jordânia. Mostrar todas as postagens

sábado, 12 de dezembro de 2009

Deserto de Wadi Rum 06 - Jordânia



Deserto de Wadi Rum 05 - Jordânia




Deserto de Wadi Rum 04 - Jordânia




Deserto de Wadi Rum 03 - Jordânia




Deserto de Wadi Rum 02 - Jordânia




Deserto de Wadi Rum 01 - Jordânia





O Deserto de Wadi Rum é uma área protegida que cobre 720 km² de área no sul da Jordânia. Grandes montanhas de arenito e granito emergiram ali, dos vastos vales de areia a até mais de 1.800 metros de altura. Cânions estreitos e fendas profundas nas rochas escondem antigos desenhos de pessoas que viveram ali por milênios. Tribos beduínas ainda vivem entre as montanhas de Wadi Rum e suas grandes tendas são um destaque especial na paisagem. Existem inúmeras maneiras de aproveitar as atrações do deserto, inclusive sobre jipes, camelos ou até mesmo a pé. Você ainda pode passar a noite numa tenda beduína. Uma noite nessa tenda significa viver a grande hospitalidade dos povos daquela região. Significa ainda servir-se da gastronomia jordaniana (principalmente o carneiro), dormir sobre um céu tão estrelado quanto você não pode imaginar, aproveitar do conforto de camas, cobertas e muita música árabe e, é claro, sentir muito frio. O deserto é extremamente quente durante o dia, mas a areia não é capaz de reter o calor do Sol por muito tempo, resfriando, assim, drasticamente durante a noite.

Os humanos vivem no Deserto de Wadi Rum por milhares de anos, lutando pela sobrevivência nas duras condições propostas pelo ambiente. Eles foram caçadores, pastores, fazendeiros e comerciantes, já que Wadi Rum está próximo aos limites da Jordânia. Até mesmo os famosos Nabateus ocuparam por um tempo Wadi Rum, deixando para trás várias construções, incluindo um templo.

Os habitantes nativos ganharam notoriedade mais recentemente, quando eles se juntaram às forças revoltosas árabes sobre o comando do rei Faisal e lutaram juntamente com Lawrence da Arábia durante a Revolta Árabe (1916-1918) com o intuito de conseguir independência dos Turcos Otomanos. O próprio Lawrence da Arábia, que ganhou um conceituado filme em 1962, dirigido por David Lean, fez muitas referências ao Wadi Rum em seu livro, “Os Sete Pilares da Sabedoria”. O filme, inclusive, foi filmado naquela região, ganhando o Oscar de Melhor Fotografia. O nome do livro de Lawrence foi usado para nomear a principal formação rochosa de Wadi Rum.

Os turistas que vão até o Deserto de Wadi Rum geralmente vêem pouquíssimos animais, já que a maioria dos animais do deserto possuem hábitos noturnos. De todo modo, se você olhar com atenção, provavelmente encontrará um interessante número de aves, insetos e répteis. As árvores são raras em Wadi Rum e restritas em três gêneros: acácias (Acacia), figueiras (Ficus) e tamarix (Tamarix). As plantas são principalmente representadas por pequenos arbustos bastante dispersos.

O Deserto de Wadi Rum é, atualmente, um dos destinos turísticos mais importantes da Jordânia, especialmente alpinistas e aventureiros, que procuram a prática do trekking. Jebel um Adaami, com 1.840 metros de altura, é a montanha mais alta do deserto. Num dia claro, de seu topo é possível avistar o Mar Vermelho e até regiões pertencentes à Arábia Saudita.
(Fonte: http://www.milmaravilhas.net/deserto-de-wadi-rum/)