PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Mariana. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Mariana. Mostrar todas as postagens

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Mariana - 08 - MG - Brasil






Mariana - 07 - MG - Brasil





Mariana - 06 - MG - Brasil





Mariana - 05 - MG - Brasil





Mariana - 04 - MG - Brasil





Mariana - 03 - MG - Brasil





Mariana - 02 - MG - Brasil





Mariana - 01 - MG - Brasil




Mariana é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Foi a primeira vila, cidade e capital do estado de Minas Gerais. Foi no século XVII uma das maiores cidades produtoras de ouro para a coroa Portuguesa. Mariana tornou-se a primeira capital de Minas Gerais por participar de uma disputa onde a Vila que arrecadasse maior quantidade de ouro seria elevada a Cidade sendo a capital da então Capitania de Minas Gerais.
 
Localizada nas cercanias de Ouro Preto, a cerca de 12 quilômetros; Santa Bárbara; Barão de Cocais; Itabirito; Ouro Branco e Conselheiro Lafaiete. Sua distância em relação à capital Belo Horizonte é de 110 quilômetros. Na maior parte do município são marcantes os relevos ondulados e a presença de planaltos. Na divisa entre os municípios de Mariana e Ouro Preto situa-se o Parque Estadual do Itacolomi, onde é localizado o Pico do Itacolomi, o mais alto ponto de Mariana.
 
O clima no município é típico tropical de altitude úmido. Os verões são quentes e chove com mais frequência. No inverno as temperaturas caem. A topografia da região, muito montanhosa e escarpada propicia a formação de bolsões de ar frio e neblina. O fenómeno é bastante visível ao amanhecer. De acordo com a divisão administrativa do país o município é composto de 10 distritos: Mariana (sede), Bandeirantes, Cachoeira do Brumado, Camargos, Cláudio Manuel, Furquim, Monsenhor Horta, Padre Viegas, Passagem de Mariana e Santa Rita Durão. Antigamente eram Acaiaca e Diogo de Vasconcelos distritos de Mariana, atualmente eles já estão emancipados.
 
Além do distrito de Mariana, os outros distritos também possuem lindos pontos turísticos; como lindas cachoeiras, igrejas e paisagens exuberantes. Suas principais atrações são as festas tradicionais e as cachoeiras. Além disso, representam enorme valor histórico e cultural para a cidade e região. Juntamente com Ouro Preto, Mariana é considerada um polo universitário. Atualmente o município sedia dois institutos da Universidade Federal de Ouro Preto: ICHS (Instituto de Ciências Humanas e Sociais) e o ICSA (Instituto de Ciências Sociais Aplicadas), ambos constituindo o Campus Mariana da UFOP. Há também instituições de ensino superior privadas como a UNIPAC, Faculdade Arquidiocesana de Mariana (FAM) e Faculdade de Administração de Mariana (FAMA), além de algumas instituições de ensino superior a distância, como a COC e a FINOM. Também conta com uma escola técnica o Adjetivo CETEP e também possui uma unidade da Rede Profissionalizante SENAI.
 
A cidade possui um carnaval que remonta a sua história. Assim como inúmeras cidades históricas do estado de Minas Gerais, possui blocos carnavalescos com décadas de existência, um deles seria o centenário Bloco Zé Pereira da Chácara. Ela também é rica nas tradições católicas, com as procissões. Ha alguns anos atrás costumava-se enfeitar o chão das ruas e avenidas, por onde a procissão passaria, com serragem tingida de múltiplas cores. Hoje, restringe-se apenas ao centro histórico da cidade.
 
A economia do município pode ser aferida pelos valores agregados de seu Produto interno bruto (PIB), nos seus três setores: indústria, serviços e agropecuária. Mariana é uma das cidades que integram o Quadrilátero Ferrífero, região responsável por 60% de toda a produção nacional de minério de ferro. Em 2012, foi a 4ª cidade no país em arrecadação de royalties pela extração de minério, conforme estudo da Universidade Federal de Ouro Preto. O turismo ecológico teve também uma expansão importante, contribuindo de forma significativa para o desenvolvimento do setor de serviços e transformando Mariana em uma das cidades mineiras com o maior número de praticantes dos chamados esportes radicais, como montanhismo e mountain bike.
 
O setor agropecuário representava em 2011 0,3% do PIB, sendo uma atividade praticamente de subsistência. O município vem apresentando um crescimento contínuo de sua economia, devido principalmente à expansão do setor de mineração. Em comparação com outros municípios do estado, Mariana detém uma posição econômica de destaque, sendo o seu PIB o decimo maior entre os 853 municípios mineiros. 
 
Mariana contava em 2012 com uma frota urbana de 341 ônibus. Há linhas diretas para todos os outros distritos. As linhas municipais são feitas pela Viação Transcotta, que também faz a linha Mariana-Ouro Preto (trajeto de 12 km). O município conta com linhas de ônibus diretas para Belo Horizonte e São Paulo, que são feitas pela Viação Pássaro Verde, (Mariana-Belo Horizonte) e União Transporte Interestadual de Luxo -UTIL (Mariana-São Paulo). Ainda existem linhas não diárias para Brasília e Vitória/Guarapari. Pessoas que desejam ir para a cidade do Rio de Janeiro devem ir para Ouro Preto ou Belo Horizonte, onde há linhas diárias para a capital fluminense. De Mariana para Ouro Preto há também uma ligação turística por trem, um trajeto de cerca de 1 hora.