PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador PE. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador PE. Mostrar todas as postagens

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Fernando de Noronha 07 - PE - Brasil





Fernando de Noronha 06 - PE - Brasil





Fernando de Noronha 05 - PE - Brasil





Fernando de Noronha 04 - PE - Brasil





Fernando de Noronha 03 - PE - Brasil





Fernando de Noronha 02 - PE - Brasil





sábado, 18 de maio de 2013

Cabo de Santo Agostinho 07 - PE - Brasil




Cabo de Santo Agostinho 06 - PE - Brasil





Cabo de Santo Agostinho 05 - PE - Brasil





Cabo de Santo Agostinho 04 - PE - Brasil





Cabo de Santo Agostinho 03 - PE - Brasil





Cabo de Santo Agostinho 02 - PE - Brasil





Cabo de Santo Agostinho 01 - PE - Brasil





O Cabo de Santo Agostinho é um município brasileiro do estado de Pernambuco pertencente à Região Metropolitana do Recife. Localiza-se à latitude 08º17'12" sul e à longitude 35º02'06" oeste, estando à altitude de 29 metros. Sua população estimada em 2004 era de 166 286 habitantes, distribuídos em 448,49 km² de área. O relevo do Cabo de Santo Agostinho está inserido nas Superfícies Retrabalhadas, que na região litorânea de Pernambuco e Alagoas, é formada pelo “mar de morros” que antecedem o Planalto da Borborema. A vegetação nativa é predominantemente do tipo Floresta Subperenifólia, com partes de Floresta Hipoxerófila. 

A leste, o município é banhado pelo Oceano Atlântico e está inserido nos domínios do Grupo de Bacias de Pequenos Rios Litorâneos. Seus principais tributários s ão os Rios: Gurjaú, Jaboatão, Araribá, Pirapama, Cajabuçu, Jasmim e Arrombados, e os riachos das Moças, Contra Açude, do Cafofo, Noruega, Santa Amélia, Utinga de Cima, Utinga de Baixo, Algodoais e o Arroio Dois Rios, todos de perenes. No município estão os açudes Pirapama (60.937.000 m³), Sicupema (3.200.000 m³), as represas Gurjaú, Cotovelo e Água Fria, e a Lagoa do Zumbi. Cabo de Santo Agostinho possui varias reservas ecológicas, e belas praias conhecidas em todo país, como Gaibu, Calhetas e Paraíso. Existem muitas opções para relaxar e praticar esportes aquáticos, como o surf. 

No verão as pousadas e hotéis recebem uma grande quantidade de turistas de todos os países do mundo. Além das belas praias, outras opções do município são os monumentos históricos. Lá podem ser encontrados velhos engenhos entre eles o mais conhecido o Engenho Massangana que guardam parte da história do município. Outros pontos conhecidos são a Igreja de Nossa Senhora de Nazaré e as ruínas do convento carmelita, que datam do final do século XVI, e o Forte Castelo do Mar, construído em 1631 pelos portugueses com granito do próprio município do Cabo, para proteger a área dos holandeses. No artesanato o Cabo tem uma produção bastante diversificada, baseada na produção de cerâmicas. Entre as festas típicas do município está a Festa da Lavadeira, que acontece todos os anos no dia 1º de maio, na praia do Paiva. O evento, que começou de forma simples como uma reunião de pescadores, hoje reúne milhares de pessoas na praia do Paiva. Nas festas juninas, uma atração extra: o Trem do Forró: o percurso do trem era originalmente do Recife até Caruaru, mas nos anos recentes tem ido até o Cabo. 

A economia do município assenta em atividades de agricultura, indústria, comércio e prestação de serviços, principalmente em torno do Porto de Suape. Conta também com dois jornais de grande circulação, O Jornal Pinzón, que resgata o nome do navegador espanhol Vicente Yanes Pinzón, e o Jornal A Verdade.PE, um semanário com notícias do Cabo de Santo Agostinho e Região adjacente. No ano de 2009 foi inaugurado o primeiro shopping de Cabo de Santo Agostinho, o Shopping Costa Dourada, atendendo consumidores da região. O litoral de Cabo de Santo Agostinho é marcado pelas seguintes praias: Praia do Paiva, Itapuama, Pedra do Xaréu, Enseada dos Corais (antiga praia do Boto), Gaibu, Praia de Calhetas, Praia do Cabo de Santo Agostinho, Paraíso (antiga praia da Preguiça), Suape.