PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Ilhas Phi Phi. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Ilhas Phi Phi. Mostrar todas as postagens

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Ilhas Phi Phi 06 - Tailândia







Ilhas Phi Phi 05 - Tailândia





Ilhas Phi Phi 04 - Tailândia





Ilhas Phi Phi 03 - Tailândia





Ilhas Phi Phi 02 - Tailândia





Ilhas Phi Phi 01 - Tailândia





O nome original deste paraíso tailandês, localizado a cerca de 48 km de Phuket, é Ko Phi Phi, um arquipélago formado pelas ilhas Phi Phi Don e Phi Phi Ley, declarado Parque Nacional em 1983. Logo a seguir a Phuket, as ilhas Phi Phi são o destino turístico mais popular na costa alta do mar de Andaman, particularmente de Dezembro a Março, quando milhares de turistas nacionais e estrangeiros preenchem todos os quartos e bungalows existentes. Apesar da cada vez maior intrusão humana, o arquipélago continua a ser um verdadeiro tesouro nacional, explorado por uma colónia pan-europeia comandada pelas nações escandinavas, principalmente a Suécia e a Noruega, as primeiras a fazerem das Phi Phi um destino prioritário. 

Phi Phi Don é a maior das duas ilhas. Apresenta uma superfície algo montanhosa, repleta de falésias e coberta por uma densa vegetação tropical que, nas áreas mais planas, vai mesmo até ao início dos longos areais brancos. Ko Nok, a única zona ainda desabitada, fica a oeste. A leste, situam-se Ko Nai e a aldeia de Laem Tong, locais que se procuram manter isolados da azáfama de turistas que impera noutros sítios. As duas maiores praias da Phi Phi Don estão separadas por uma estreita língua de terra. A norte, a localidade de Ao lo Dalam viu surgir dezenas de pequenos resorts, bares, restaurantes e discotecas que cercaram o mercado local e algumas habitações de pescadores. Esta zona de diversão cresceu descontroladamente e chega agora à enseada oposta. 

Como seria de esperar, deixou de ser possível agradar a todos e, presentemente, na parte central da ilha ficam alojados apenas os amantes da vida nocturna, enquanto quem vem para desfrutar da natureza em paz e sossego, opta por ficar hospedado num dos resorts das extremidades de Phi Phi Don. Ao largo da enseada de Ao lo Dalam, o mar é pouco profundo. Durante a maré vazia é necessário andar várias centenas de metros até que a água, que atinge 30 e muitos graus, passe da cintura para cima, o que já só acontece fora dos contornos terrestres da enorme baía. Para compensar o “esforço”, no início do areal, à sombra de uma linha de coqueiros, estão as mesas dos bares e restaurantes mais próximos, sempre prontos a servir as suas especialidades gastronómicas ou os melhores cocktails. Como se não bastasse, algumas casas de massagem tailandesa ficam mesmo atrás. A enseada virada a sul dá para Ao Ton Sai e para uma caótica aldeia muçulmana de palafitas, à frente da qual atracam os barcos provenientes de Phuket e Krabi, incluindo a “frota” colorida dos long tail boats que asseguram as distâncias mais curtas entre locais de uma mesma ilha e entre as várias ilhas e ilhotas do arquipélago.