PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador RN. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador RN. Mostrar todas as postagens

sábado, 17 de maio de 2014

Tibau do Sul - 08 - RN - Brasil






Tibau do Sul - 07 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 06 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 05 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 04 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 03 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 02 - RN - Brasil





Tibau do Sul - 01 - RN - Brasil




 
Tibau do Sul é um município brasileiro situado na faixa litorânea meridional do estado do Rio Grande do Norte. Pertencente à Microrregião do Litoral Sul e à Mesorregião do Leste Potiguar, localiza-se a 72 km de Natal, capital do estado. Ocupa uma área de 101,793 km², sendo que 0,3682 km² estão em perímetro urbano.
 
Tem uma temperatura média anual de 25,6°C e na vegetação do município há a predominância das florestas subcaducifólias, tabuleiros litorâneos e os manguezais. Sua taxa de urbanização é de 60,26%, classificando Tibau do Sul como o 97º município mais urbanizado do Rio Grande do Norte. Com seis estabelecimentos de saúde (2009), o IDH do município é de 0,655, considerado médio pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) e o 43º maior do estado.
 
Tibau do Sul foi emancipada de Goianinha na década de 1970. A versão de sua etimologia é que o nome seja referência ao fato de o município estar localizada entre a Lagoa das Guaraíras e o Oceano Atlântico. Pouco antes de se tornar município, Tibau do Sul era um distrito pertencente a Goianinha com o nome de Tibau, que depois foi alterado para "Tibau do Sul" para diferenciar de um outro Tibau, município litorâneo mais setentrional do Rio Grande do Norte localizado na microrregião de Mossoró.
 
Internacionalmente conhecida por abrigar a Praia de Pipa, Tibau do Sul é um dos principais balneários do estado e um importante polo indutor de turismo, que começou a se desenvolver na década de 1970, quando vários grupos de surfistas descobriram e começaram a frequentar cada vez mais as praias do município. Isso fez com que Tibau do Sul rapidamente crescesse no turismo, atraindo cada vez mais gente de todos os lugares do mundo, tornando Pipa uma das praias mais cosmopolitas do Brasil.
 
O clima de Tibau do Sul é tropical chuvoso, com um período de chuvas compreendido entre os meses de janeiro e agosto. As temperaturas médias anuais oscilam em torno de 25,6°C, sendo 25ºC e 32°C as temperaturas máxima e mínima, respectivamente. A média máxima é de 31,6ºC, no mês de janeiro, e a média mínima é de 19,8ºC, em setembro. O período chuvoso do município se estende entre os meses de fevereiro e agosto.
 
Em 2011, a população do município era, de acordo com o IBGE, estimada em 11.664 habitantes, o que classifica o município como o 51º maior em população do Rio Grande do Norte, com uma densidade populacional de 114,59 hab./km². De acordo com esse mesmo censo demográfico, 5.762 habitantes eram homens e 5.640 habitantes eram mulheres. Ainda de acordo o mesmo censo, 6.870 habitantes viviam na zona urbana e 4.532 na zona rural. A densidade demográfica, que é uma divisão entre a população e sua área, era de 112,01 habitantes por quilômetro quadrado.
 
O turismo é uma das bases da economia de Tibau do Sul. O município conta diversos pontos turísticos, como, por exemplo, Malembá - embora localizada no município vizinho de Senador Georgino Avelino, a praia é muito procurada pelos turistas que vêm de Tibau do Sul para a prática de kitesurf -, a Praia de Tibau do Sul - com falésias altas na parte localizada mais a sul da praia, a Lagoa de Guaraíras - com manguezais, viveiros de camarões, marés altas e de onde poder ser avistada a torre da igreja da antiga Tibau, - as praias do Giz e da Boia - praias desertas, ideais à pratica do surfe - e a Praia de Cacimbinhas - onde pode-se apreciar o pôr do sol todos os dias.
 
Além desses pontos turísticos, há um que merece destaque e faz com que Tibau do Sul seja internacionalmente conhecida e um dos municípios mais visitados de todo o estado do Rio Grande do Norte: a Praia da Pipa, descoberta por surfistas na década de 1970, com mais de dez quilômetros de extensão e que abriga diversas praias, como a Praia do Amor, a Praia do Madeiro, a Praia das Minas e a Baía dos Golfinhos, além das já citadas anteriormente. O nome "Pipa" vem de uma pedra localizada na extremidade setentrional da praia, cujo formato é semelhante ao de uma pipa (um barril de carvalho usado para armazenar diversas bebidas, como, por exemplo, o vinho). O município chega a ser visitado por mais de 119 mil pessoas por ano, vindas de outros lugares e regiões do Brasil, como também do exterior. Outros pontos turísticos localizados em Tibau do Sul são o Centro Cultural da Casa da Farinha, o Chapadão, o Santuário Ecológico da Pipa, as dunas, a Lagoa de Guaraíra e o Morro da Velha Vicência.