PESQUISE NA WEB

Mostrando postagens com marcador Suécia. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Suécia. Mostrar todas as postagens

domingo, 14 de dezembro de 2014

Luleá 09 - Suécia




Luleá 08 - Suécia





Luleá 07 - Suécia





Luleá 06 - Suécia





Luleá 05 - Suécia





Luleá 04 - Suécia





Luleá 03 - Suécia





Luleá 02 - Suécia





Luleá 01 - Suécia





Luleá é uma cidade no condado de Norrbotten, norte da Suécia. A cidade tem uma população de cerca de 45.000 habitantes, e a comuna conta com 75.000 habitantes, constituindo a sede do condado de Norrbotten. A cidade situa-se numa península onde a Baía de Lule encontra o Golfo de Bótnia. O porto de Luleá é particularmente importante para o minério de ferro extraído das minas da LKAB em Kiruna e Gällivare/Malmberget. No inverno, o tráfego marítimo continua virtualmente inalterado com a assistência de navios quebra-gelos (Luleá é a sede da armada sueca de quebra-gelos). Luleá já era porto importante na época medieval, séculos XIII-XV. Em 1621 recebe foral do Rei Gustavo Adolfo da Suécia. A Aldeia paroquial de Gammelstad foi considerada em 1996 Património da Humanidade pela UNESCO. Em 1887, um terrível incêndio destruiu a maior parte da cidade, poupando muito poucos edifícios. A catedral neo-gótica, dedicada em 1893, é o edifício mais alto da cidade, com os seus 67 metros de altura. A arquitectura e a planta quadriculada da cidade amplifica as correntes de vento e a sensação de frio, mas fora do centro histório o vento é menor e mais tolerável. O fenómeno inspirou os habitantes de Luleå a criar piadas onde comparam a cidade a um túnel de vento. Em 2013 o Facebook inaugurou seu primeiro Data Center da Europa e um segundo já está em construção.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Gavle 03 - Suécia





Gavle 02 - Suécia





Gavle 01 - Suécia





Gävle é uma cidade da Suécia, capital do condado de Gävleborg, com cerca de 90.000 habitantes. Fica situada junto do Golfo da Bótnia. Possui estaleiros navais e indústrias de papel, de porcelanas, de couro e alimentar (cerveja). A principal atração turística da cidade é estátua de uma cabra em madeira. A estátua tem sido constantemente alvo de vandalismo, tendo sido atacada 23 vezes. Em 1966, ano da sua construção, foi incendiada pela primeira vez. Desde então, a figura foi reconstruída inúmeras vezes, apenas para ser repetidamente queimada, quebrada e até atingida por um automóvel em despiste, em 1976. Apenas por uma vez as autoridades conseguiram deter um dos autores dos ataques. Foi em 2001, quando um norte-americano de 51 anos passou 18 dias na prisão.